Ligamos para você

Se preferir, ligue grátis para:0800 014 2001

Calcule seu risco de queda

30 / 03

Uso consciente dos recursos

Conversas sobre o uso consciente da água estará no dia-a-dia de boa parte dos brasileiros em 2015. O motivo é que

Conversas sobre o uso consciente da água estará no dia-a-dia de boa parte dos brasileiros em 2015. O motivo é que moradores de vários Estados lutam, hoje, com a escassez de recursos hídricos e energéticos. Maior cidade do Brasil, São Paulo está nas manchetes pelo baixíssimo nível de seus reservatórios de água, necessários para abastecer milhões de pessoas diariamente. A falta de água não afeta somente as torneiras das casas, mas também o parque energético, uma vez que 65% da energia elétrica do país vêm de usinas hidrelétricas.

Uso consciente dos recursos

Entre as soluções adotadas no momento para suprir a necessidade em muitas regiões está o uso das energias alternativas, como das termelétricas. Contudo, esses recursos são mais caros, o que se reflete na conta do consumidor final. Com água escassa e energia mais cara, adotar mudanças de hábitos para economizar passa a ser imperativo. Dados de ONGs (Organizações Não Governamentais) mostram que, escassez à parte, há muito desperdício de água e energia, muitas vezes por falta de conhecimento de como a adoção de medidas simples pode trazer resultados.

Algumas sugestões amplamente divulgadas abordam a diminuição da água gasta em banhos, por exemplo. Muitas pessoas já adotaram o hábito de desligar o chuveiro enquanto lavam a cabeça e ensaboam o corpo. Contudo, com a chegada do outono e o período de temperaturas mais baixas, este procedimento pode ser desconfortável principalmente para idosos ou pessoas com enfermidades. Neste caso pode haver uma alternativa simples para a economia, que é reduzir em cinco minutos o tempo do banho. De acordo com Instituto Akatu, organização voltada para a conscientização do consumo consciente, apenas cinco minuto a menos no banho todo dia pode economizar 25 litros de água. Se cada brasileiro diminuísse em 1 minuto o tempo no banho, a energia economizada seria equivalente a 15 dias de operação da usina hidrelétrica de Itaipu.

Essas e outras dicas, como as listadas logo abaixo, podem ajudar na economia doméstica, e a troca de experiências também é de grande valor. Tem alguma dica eficiente para economizar água e energia? Envie para o e-mail atividade@telehelp.com.br, ou deixe um comentário na página da Telehelp no Facebook: www.facebook.com/TelehelpOficial.

Algumas dicas para economia de água*:

- A água descartada no uso da máquina de lavar pode ser reaproveitada. Para isso, basta direcionar o cano de despejo da máquina para um balde. Esta água pode ser usada na descarga do vaso sanitário. Estima-se que este simples reaproveitamento da água de uma lavadora de 5 kg pode gerar uma economia de até 5% no consumo mensal da água em uma casa.

- Para continuar com a máquina de lavar, outra dica é utilizá-la no volume máximo de sua capacidade (conforme instrução do aparelho). Este procedimento pode reduzir pela metade o número de vezes que a máquina é utilizada, ou seja, ajuda na economia.

- A cozinha pode ser outro importante reduto de desperdício de água. E algumas atitudes simples podem ajudar na economia:

- Descongele alimentos com antecedência, na geladeira. Tirar alimentos do congelador no dia anterior ao preparo evita de ter que se colocar o alimento embaixo de água corrente para o descongelamento. Caso não seja possível se programar, a dica é colocar o alimento em uma bacia com água e depois reutilizá-la para molhar plantas.

- A instalação de aeradores nas torneiras pode gerar economia significativa. Estima-se que a colocação desta ferramenta simples na torneira da cozinha de 12 apartamentos pouparia em um ano água suficiente para encher uma piscina olímpica.

- Se passa grande parte do tempo em casa, use um único copo ao longo do dia para beber água. Para lavar um copo são necessários pelo menos outros dois copos de água.

Algumas dicas para economia de energia*:

- Se possível, troque lâmpadas incandescente por lâmpada LED, que consome um décimo da energia gasta por uma incandescente, ou por lâmpadas fluorescentes. Duas lâmpadas fluorescentes de 20 watts iluminam mais que uma incandescente de 100 watts.

- Evite deixar equipamentos eletrônicos em stand-by (modo de espera). O ideal é retirá-los da tomada quando não estiverem em uso.

- Não deixe o aparelho celular carregando por toda a noite. Carregar durante o dia permite retirá-lo da tomada quando a bateria estiver carregada.

- Atenção para luzes acesas sem necessidade, em ambientes vazios, bem como televisão e computador.

* Selecionadas do Instituto Akatu e Eletrobras.



Voltar para todas as notícias

Conheça nosso canal

Siga a Telehelp nessa rede social e veja os nossos vídeos e novidades que devem auxilia-lo a entender melhor nossos serviços.

Conheça Conheça

Perguntas frequentes

Ainda com dúvidas, aqui você pode esclarece-las com o nosso FAQ, tendo acesso às perguntas e respostas às dúvidas mais frequentes.

Leia Mais Leia Mais

Depoimento

Confira depoimentos e áudios reais de quem utiliza o serviço de teleassistência

Veja mais Veja mais