• 0800 014 2001 / 11 3585-2000
  • whatsappWhatsapp: 11 96601.0349
  • Página Inicial » Categoria » Atividade

  • blog atividade

    Saúde, bem-estar,
    variedades e informação.
  • banner-blog
  • Veja as últimas notícias

    12/05/2017

    TRABALHO APÓS OS 50 ANOS

    imagem-posts-marge_0001_img-trabalho-apos-os-50-anos-atividade-i-mar-abr-i-2017 O mercado de trabalho está mudando, seja para jovens ou pessoas com mais de 50 anos. Em momentos de crise ou transformação, o importante é abrir-se para o novo e buscar alternativas. Entre os muitos desafios do envelhecimento, um ainda é pouco discutido abertamente, pelo menos no Brasil - a questão do mercado de trabalho para aqueles que já passaram dos 50 anos. Com a crise econômica enfrentada pelo país atualmente, há novos aspectos para serem incluídos nos debates, como o fato deste público ter mais chance de ser dispensado primeiro, e figurar entre os que enfrentam mais dificuldades para se recolocar. Mas há luz no fim do túnel. "Ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas este assunto tem sido cada vez mais falado. Ainda não é uma realidade para muitas empresas, é preciso uma mudança de cultura, mas algumas como a TeleHelp estão olhando para isso. Governo e a sociedade já entenderam que a população brasileira está envelhecendo e a gente não está preparado para este fato", opina Mórris Litvak, fundador da plataforma MaturiJobs, serviço que propõe ajudar pessoas com mais de 50 anos a encontrar recolocação no mercado de trabalho. Estudo recente da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o número de idosos no Brasil cresce acima da média mundial. Projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que em pouco mais de uma década, o número de pessoas com mais de 65 anos saltará dos atuais 16 milhões para cerca de 30 milhões. Ou seja, as estatísticas já fazem seus alertas para um país com forte cultura de valor...
    Leia Mais +
    12/05/2017

    ATLETA DEPOIS DOS 60 ANOS

    imagem-posts-marge_0000_img-atleta-depois-dos-60-anos De forma inesperada o esporte entrou na vida de Maria José da Silva, que descobriu e se apaixonou pela corrida, e também aprendeu a pedalar. Depois de se aposentar é possível começar vários projetos, mas, e um esporte? Para a técnica de Enfermagem Maria José da Silva, de 66 anos, não somente é possível como pode partir para uma modalidade de impacto, como a Corrida. Nesta fase da vida, também foi a hora de aprender a andar de bicicleta. “Só fui descobrir os esportes depois dos 60, não tive bicicleta quando criança e era meu sonho aprender a pedalar. Comecei a correr também depois desta idade. Um dia estava passeando no parque da Água Branca [São Paulo] e vi um personal trainer trabalhando com um casal, resolvi perguntar como funcionava e ele me sugeriu fazer uma aula teste. Assim, o esporte entrou na minha vida há seis anos”, conta. Apesar de aposentada, Maria José não parou de trabalhar e segue na atividade que desempenhava, na UTI de transplantes do Hospital das Clínicas, em São Paulo, no turno da noite e madrugada. “Quando me aposentei até tive a oportunidade de trocar de horário e área, mas gosto de trabalhar a noite e também me acostumei com as responsabilidades da UTI”. Supreendentemente, Maria José conta que gosta de correr pela manhã. Além disso, ao sair do trabalho faz o trajeto até sua casa a pé, numa distância de cerca de 3 km a ser percorrida. imagem-posts-marge_0000_img-atleta-depois-dos-60-anos-2Leia Mais +
    12/05/2017

    EM SINTONIA COM A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA

    imagem-posts-marge_0004_img-em-sintonia-com-a-revolucao-tecnologica Pagar contas e fazer mercado pela Internet são somente algumas das facilidades proporcionadas pela tecnologia. Abraçar esse novo mundo digital pode trazer muitas outras vantagens para o dia-a-dia. Nas últimas três décadas, a humanidade passou por grandes transformações conduzidas pela tecnologia, principalmente pela Internet. Alguns equipamentos já estão completamente arraigados ao nosso cotidiano, como o telefone celular. Outros estão deixando de ser considerados “coisas de jovem” para serem adotados com entusiasmo pelo público de todas as idades, como os tablets, que já ultrapassaram os computadores em número de vendas. Uma das razões do sucesso é a portabilidade e, claro, o fato de hoje executarem praticamente todas as funções do computador. Para a terceira idade, os tablets podem facilitar e deixar mais confortável a execução de algumas tarefas, como a leitura. As principais facilidades do mundo digital, contudo, são replicáveis em qualquer um dos dispositivos tecnológicos disponíveis - computador, tablet ou celular. Essencialmente, esta é a razão do enorme sucesso das novas tecnologias – elas realmente facilitam a vida! Se você não se considera incluído digitalmente, pense que como usuário do botão de emergência da TeleHelp você já está na vanguarda tecnológica, e entende como os modernos equipamentos e recursos podem deixar o cotidiano melhor. Basta agora explorar novas fronteiras. Vale a pena se informar e descobrir como as ferramentas possibilitadas pela Internet se enquadram melhor na sua vida. Pode ser aprender a usar um aplicativo para falar com familiares e ami...
    Leia Mais +
    12/05/2017

    GUERRA E PAZ NUMA BIOGRAFIA ÚNICA

    imagem-posts-marge_0003_img-guerra-e-paz-numa-biografia-unica Enfermeira da Cruz Vermelha durante a 2ª guerra mundial, a cliente da TeleHelp, Hermínia Carstens Stueber, relata sua história marcante. Há pouco mais de 70 anos chegava ao fim um dos eventos mais marcantes da história da humanidade. Incontáveis livros, documentários e filmes se encarregaram, ao longo das décadas, de expor relatos daqueles que vivenciaram a 2ª guerra mundial. A cliente da TeleHelp, Hermínia Carstens Stueber, tem histórias para contar desta época, pois vivenciou o conflito de perto, como enfermeira da Cruz Vermelha em plena Alemanha, entre os anos de 1940 e 1945. Quando entrou para a organização humanitária e começou atender feridos de guerra tinha apenas 15 anos. Hermínia vive hoje tranquila em seu apartamento no bairro da Água Verde, em Curitiba, e desde que saiu da Alemanha e veio morar no Brasil, em 1946, deixou para trás o uniforme de enfermeira. Sua jornada poderia ser roteiro de filme. Nascida em 1925 na Guatemala, filha de mãe guatemalteca e pai alemão, Hermínia deixou jovem sua terra natal para estudar na Alemanha, mas o sonho da faculdade foi abortado pela guerra. Então, fez o que achava que deveria fazer à época, um curso intensivo de três meses na Cruz Vermelha para ajudar quem precisava. “A guerra acabou com toda a comunicação na Alemanha, tudo era muito difícil, mesmo tendo dupla nacionalidade não tinha como sair do país, então resolvi me alistar como enfermeira. A necessidade de ajuda era tão grande, que a idade não importava”, conta. Nos cinco anos que atuou como enfermeira da Cruz Vermelha, Hermínia passou por vários hospitais, principalmente entre as ci...
    Leia Mais +

    contrate agora o telehelp aviso

    A TeleHelp tem o plano ideal para você e sua família. saiba mais

    Veja também

  • como-funciona
    Como Funciona
  • Entenda melhor como funciona o serviço de teleassistência da TeleHelp e veja como conseguir ajuda imediata ao simples toque de um botão. saiba mais
  • servicos
    Serviços
  • Confira os serviços oferecidos pela TeleHelp para a sua segurança dentro e fora de casa. saiba mais